Filhos são o nosso maior legado e é com eles que tentamos perpetuar quem somos, passando valores, morais, conhecimentos e etc. Mas o que muitas vezes alguns pais acabam fazendo é projetar os seus sonhos em seus filhos , não enxergando que eles são pessoas com seus próprios sonhos, ideais e vontades.

O induzir acontece muitas vezes na escolha da faculdade, do curso e da carreira em que o pai ou a mãe projetam a idealização que não puderam realizar por algum motivo no passado ou até mesmo porque é uma tradição familiar. Então, essa orientação dos pais acaba causando angústia em seus filhos, em que não querem vê-los sofrer ou que a escolha é a melhor opção para o futuro; mas na realidade isso acaba apenas se transformando em rebeldia por parte dos filhos mais cedo ou mais tarde, podendo ser vivenciado de diversas formas como ansiedade, baixo rendimento escolar e até depressão.

Dependendo da escolha dos filhos pode ser muito difícil para os pais aceitarem, porque eles têm uma compreensão e experiência do mercado, no entanto, as gerações são muito diferentes.

Na época dos anos 90 você não ganharia dinheiro jogando vídeo game, só se fosse programador ou o designer do mesmo, e hoje, temos vários jovens que além de ganhar dinheiro com isso, viajam e participam de campeonatos, uma realidade nunca imaginada antes.

Portanto, o mais correto a fazer é orientá-los das possibilidades que podem encontrar, pesquisar a profissão no mercado, buscar pessoas referentes no ramo e desejar boa sorte. Pois o mais importante e duradouro numa família é o amor e o apoio que fica marcado para a vida toda.

Momento DTC – Juntos com você!